sexta-feira, 31 de dezembro de 2010



Desejamos a todos vocês um ano de Mudanças.





quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Mirra

Ser consciente, primeiro que tudo. Somos conscientes apenas de uma insignificante porção de nosso ser, pois da maior parte somos inconscientes. É esta inconsciência que nos mantém sujeitos à nossa natureza irregenerada e impede a sua mudança e transformação. É através da inconsciência que as forças não divinas entram em nós e nos fazem seus escravos. Você deve ser consciente de si mesmo, você deve desperta para sua natureza e seus movimentos, você deve saber como e por que faz ou sente as coisas ou pensa nelas; você deve entender seus motivos e impulsos, as forças escondidas ou aparentes que movem; na verdade, você deve, por assim dizer, desmontar em pequenos pedaços o mecanismo inteiro de seu ser. Somente quando você se torna consciente é que você pode distinguir e peneirar as coisas, você pode ver quais as forças que o puxam para baixo e quais as que o ajudam. E quando você distinguir o certo do errado, o verdadeiro do falso , o divino do não-divino, você deve agir estritamente segundo o seu conhecimento; quer dizer, resolutamente rejeitar um e aceitar o outro. A dualidade se apresentará a cada passo e a cada passo você terá que fazer a sua escolha. Você terá que ser paciente e persistente e vigilante - "acordado", como dizem os adeptos; você deve sempre recusar a dar ao não-divino qualquer oportunidade que seja contra o divino.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Então é Natal

Feliz Natal a todos que passam por aqui!

Apesar do natal lembra Jesus, é uma festa que já existia antes dele, comemorado pelos pagões (camponeses) no dia 21 de dezembro, é quando começa a estação de inverno no hemisfério norte e dura 3 dias, então não importa suas crenças, estamos em época de celebrações.

Curta a Vida!

Jesus nasceu em dezembro?

Jesus nasceu em dezembro?

A BÍBLIA não diz quando Jesus nasceu. Mas ela nos dá fortes motivos para concluir que seu nascimento não ocorreu em dezembro. Considere as condições climáticas nessa época do ano em Belém, onde Jesus nasceu. O mês judaico de quisleu (que corresponde a novembro/dezembro) era um mês frio e chuvoso. O mês seguinte era tebete (dezembro/janeiro). Era o mês
em que ocorriam as temperaturas mais baixas do ano, com nevadas ocasionais nos planaltos. Vejamos o que a Bíblia diz
sobre o clima naquela região.
O escritor bíblico Esdras mostra que quisleu era de fato um mês frio e chuvoso. Depois de dizer que uma multidão havia se
reunido em Jerusalém “no nono mês [quisleu], no vigésimo dia do mês”, Esdras informa que o povo ‘tiritava por causa das
chuvas’. Sobre as condições do tempo naquela época do ano, as próprias pessoas reunidas disseram: “É a época das
chuvadas e não é possível ficar de pé do lado de fora.” (Esdras 10:9, 13; Jeremias 36:22) Não é de admirar que os
pastores que viviam naquela parte do mundo não ficassem ao ar livre à noite com seus rebanhos em dezembro.
No entanto, a Bíblia diz que os pastores estavam nos campos cuidando das ovelhas na noite em que Jesus nasceu. De
fato, o escritor bíblico Lucas mostra que, naquela ocasião, havia pastores “vivendo ao ar livre e mantendo de noite vigílias
sobre os seus rebanhos” perto de Belém. (Lucas 2:8-12) Note que os pastores estavamviven do ao ar livre, não apenas
saindo para os campos durante o dia. Eles mantinham seus rebanhos nos campos à noite. Será que essa referência de
vida ao ar livre se harmoniza com o tempo frio e chuvoso do mês de dezembro em Belém? Não. Portanto, as
circunstâncias que cercaram o nascimento de Jesus indicam que ele não nasceu em dezembro.
A Palavra de Deus nos informa com precisão a data em que Jesus morreu, mas dá poucos indícios sobre quando ele
nasceu. Isso nos lembra as palavras do Rei Salomão: “Um nome é melhor do que bom óleo, e o dia da morte é melhor do
que o dia em que se nasce.” (Eclesiastes 7:1) Portanto, não é de admirar que a Bíblia forneça muitos detalhes a respeito
do ministério e da morte de Jesus, mas poucos a respeito da data de seu nascimento.



Nós do mutamos sabemos que o natal de muitos anos e uma data extremamente comercial, pois as pessoas acham que comprar presentes ou bancar viajem vão apagar todas as coisas que uns fazem aos outros, natal não serve pra pedir perdão aos parentes ou pessoas que você fez mal, se servisse pra isso só existiria natal uma vez na vida da pessoa, não devemos nos iludir com o sentimento de perdão natalino devemos amar uns aos outro independente de datas ou comemorações, abraçar o irmão não tem hora nem data.

um abraço a todos e feliz natal XD

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Ria com o tio Osho


Aconteceu: encontrei Mulla Nasruddin bebendo num bar e perguntei: " Nasruddin, que está fazendo? Ainda ontem me dizia que parou completamente de beber e se tornou abstêmio. Como se explica, então?
E Nasruddin disse: "Exatamente, tornei-me abstêmio, mas não fanático".

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Como expressar a Verdade?

" O Tao que pode ser dito não é o Tao absoluto.
É esta a primeira coisa que Lao Tzu tem a dizer: tudo que pode ser dito não pode ser verdadeiro. É a introdução do livro. Serve simplesmente para alertar: virão agora palavras, não se torne vítima das palavras. Lembre-se do que não tem palavras. Lembre-se do que não pode ser comunicado através da linguagem, através das palavras. O Tao pode ser transmitido, mas só de ser para ser. Pode ser comunicado quando você está com o Mestre, somente o Mestre, sem fazer nada, nem sequer praticar nada. Ele pode ser comunicado pelo simples fato de estar com o Mestre.
Por que a Verdade não pode ser dita? Qual a dificuldade? A verdade não pode ser dita por muitas razões. A primeira e mais importante é que a verdade sempre se dá em silêncio. Quando a sua fala interior cessa, é então que ela se dá. E aquilo que se dá em silêncio, como poderia ser dito através dos sons? É uma experiência. Não é um pensamento. Se fosse um pensamento, poderia ser expressado, não haveria problema. Por mais complicado ou complexo que seja um pensamento, sempre é possível encontrar uma maneira de expressá-lo. A teoria mais complexa de Albert Einstein, a teoria da relatividade, também pode ser expressa num símbolo. Não há o menor problema. Talvez o ouvinte não seja capaz de entender, mas não é essa a questão. Ela pode ser expressa.
Dizia-se, quando Einstein era vivo, que só doze pessoas, uma dúzia, no mundo inteiro, eram capazes de entendê-lo e entender o que ele dizia. Mas até isso já é suficiente. Se uma unica pessoa é capaz de entender, é que pode ser expresso. E, ainda que nem uma só pessoa pudesse entender no momento, é possível que depois de muito séculos venha alguém capaz de entender. Também nesse caso terá sido expresso. A simples probabilidade de que alguém seja capaz de entender, e a coisa foi expressa.
Mas a verdade não pode ser expressada por que, para alcançá-la, é necessário o silêncio, a ausência de som, a ausência de pensamentos, Ela é alcançada através da ausência da mente - a mente é deixada de lado. E como se pode usar uma coisa que, necessariamente, tem de ser deixada de lado para se alcançar a verdade? Tenha isso em mente, como uma regra: o que a mente alcança, a mente pode expressar; o que a mente não alcança, ela não pode expressar.
Toda linguagem é inútil. A verdade não pode ser expressa. De que servem então todas as escrituras? Qual propósito de Lao Tzu? Qual o propósito dos Upanishads? Todos eles tentam dizer alguma coisa que não pode ser dita, na esperança de suscitar em você o desejo de saber a respeito. A verdade não pode ser dita, mas no próprio esforço de dizê-la pode surgir no ouvinte um desejo de conhecer o que não pode ser expresso. Pode ser provocada uma sede. A sede existe, só precisa ser um pouco provocada. você esta sempre com sede - e como poderia ser de outra forma? Não se sente bem-aventurado, não se sente em êxtase - está sedento. Seu coração está em chamas. Você busca algo para matar a sede. Mas, como não encontra água, como não chega à font, aos poucos foi tentando reprimir a sua sede. É a unica maneira, caso contrário seria difícil suportar; você nem conseguiria viver. de modo que reprime a sede.
Um mestre como Lao Tzu sabe perfeitamente que a verdade não pode ser dita, mas a simples tentativa de dizê-la provocará alguma coisa, trará à superfície a sede reprimida em você. E, uma vez que a sede venha à tona, terá início uma busca, uma investigação. E ele foi capaz de fazê-lo mexer-se.
O Tao que pode ser dito não é o Tao absoluto."

(Osho, Encontro com pessoas notáveis.)

sábado, 11 de dezembro de 2010

One Piece 603-607


Desculpem a ausência do comentários de one piece, voltamos da onde paramos.



Aventuras submarina em busca da Atlante perdida, ops, que dizer em busca da Ilha dos Tritões, que finalmente encontramos depois de 2 arcos completos e 2 anos podemos finalmente ver a cara da ilha, e o Mugiwaras já foram bem recebidos por tritões ligados ao Arlong e são anti humanos pelo que da pra ver pela tatuagem do stickman decapitado,

Mas antes de chegar na ilha tivemos muitas surpresas, desde a aparição do lendário Kraken ao holandês voador, o ataque do Caribou que gerou muitas cenas engraçadas, e na hora que ele consegue fugir Frank acha ele e prende ele rapidamente, pelo visto Caribou é um logia da lama,
Tivemos as piadas do Broke sobre a luz esta cegando seus olhos, sendo que ele não tem olhos,
Robin com sua pouca e normal aparição usando braços gigantes uma boa briga com Luffy gear 3, que agora tem sua versão Hakizada, Oda so mostrando um pouco dos poderes e não duvido que durante este arco da ilha dos homens peixes ele consiga usar toda a nova gama de poderes, que venha varios arcos!

Quero fazer um comentario especial ao Sanji, que esta rendendo ótimas piadas mesmo sendo repetidas da hemorragia nasal, mas neste ultimo capitulo tivemos uma cena que não foi explicada esta na pagina 3 onde mostra ele olhando fotos, (EDIT: no capitulo 605 já aparece ele com as fotos na cintura) que deve ser a reabilitação que Chopper passou para ele fazer, e que não deu certo e Chopper diz que ele não poderá descer do navio se não morrera, e Sanji diz que prefere morrer vendo as sereias do que viver sem seu sonho realizado.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Tao

Poema 20

Renunciai à vossa pretensa cultura,
E todos os problemas se resolvem.
Oh! quão pequena parece a diferencia
Entre o sim e o não!
Quão exíguo o critério
Entre o bem e o mal!
Como é tolo não respeitar
O que merece ser respeitado de todos!
Ó solidão que me envolve todo!
Todo o mundo vive em prazeres
Como se vida fosse uma festa sem fim,
Como se todos sorrissem em perene primavera!
Somente eu não sei o que farei...
Sou como uma criança que desconhece o sorriso.
Sou como um foragido
Sem pátria nem lar...
Todos vivem na abundância,
Somente eu não tenho nada....
Sou um ingênuo, um tolo...
É mesmo para desesperar...
Alegres e sorridentes andam os outros!
Deprimido e acabrunhando ando eu...
Circunspectos são eles, cheios de iniciativa!
Em mim. tudo jaz morto.
Inquieto, como as ondas do mar,
Assim ando eu pelo mundo...
A vida me lança de cá para lá,
Como se eu fosse uma folha seca...
A vida dos outros tem um sentido,
Eu não tenho uma razão de ser...
Somente a minha vida parece vazia e inútil;
Somente eu sou diferente de todos os outros -
...........................................................................................
E no entanto - sossega meu coração!
Tu vives no seio da mãe do Universo.
(Lao-Tse- tradução do chinês por Humberto Rohden)


Explicação Filosófica:

À primeira visa parece estranho esse pessimismo do autor, esse lúgubre desânimo da vida, que lembra os lamentos de Jó. Mas não convém esquecer que todo o homem que deixou a sociedade dos profanos tem, de início, a sensação de uma solidão imensa, de um saara sem oásis; sente-se exilado sem pátria sem lar. O homem espiritual se sente desambientado aqui na terra; ninguém o compreende; todos o consideram como um estranho, não pertence ao nosso mundo. O próprio Jesus passou por estes transes:"As raposas têm suas cavernas, as aves têm seus ninhos - o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça". E a seus discípulos diz ele:"Por causa de mim e do Evangelho sereis odiados de todos..."."Bem-aventurados os que choram..."
Ao descer de Tambor, ele exclama: "Ó geração perversa e sem fé! Ate quando estarei convosco?
Ate quando vos suportarei?"...
Mas essa aparente solidão e abandono do homem espiritual é a "Comunhão dos Santos", a mais bela do Universo, como Lao-Tsé lembra nas últimas linhas. É o total abandono de Jó - que estava na companhia de Deus, no coração do Universo. Abandonado se sente o ego - bem amparado está sempre o Eu. "Meu Deus, meu Deus, por que abandonaste?...Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito."

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

A outra opção


Vivemos em um planeta minúsculo situado numa galáxia insignificante, comparado a imensidão incomparavel do infinito, que é o Senhor Universo (Uno e Verso, 1 e 0)

Neste Planeta onde  chamamos de terra, vive cerca de 7 bilhões de Humanos a grande família humanidade, e coexiste também muito mais de 900 quinhões de terráqueos ( Animais, Plantas, etc.) , Um mundo onde se fala milhares de línguas e a cultura é vendida em um livro, a guerra é fato corriqueiro e fatídico, cremos na paz mas nem sabemos o que é a paz, todos acham que vivem em mundo pronto, concluindo, com a Verdade da Vida já descoberta, e as instituições cuidam da gente, e se aparecer alguém com uma proposta de vida, de uma vivencia nova é logo taxado de louco, depressivo, jovem ou que ainda não sofreu no mundo, na vida, não entende como o mundo funciona.

Mas eles nem dão atenção as palavras ditas, a proposta de uma vida em paz, harmonia e segura. Preferem ser um escravo de uma sociedade mal-agradecida e que nunca está satisfeita, que a confiança sumiu e a Aventura foi posta no hospício a sete chaves. Por que vivem então? Se todos sabem que um dia morrerão, ficarão fraco e dependente e mesmo assim preferem colocar o Libertador na cruz ou no manicômio, sem conta os que são pago para ficar em silêncio ou apagados.

São as Instituições que controlam nosso modo de viver dizendo o que vestir e a onde ir e também o que você vai vê na tv. Eles vivem no monte Olimpo, e tem o melhor que a Terra tem a oferecer, escravizando a mente da humanidade a milênios, com suas igrejas, governos e bancos, gerando medo e insegurança nos corações das massas, através da força bruta e da persuasão, porem eles nem chegam a ser 1% do mundo, mas os outros 99% não vão contra, por que no fundo eles tem vontade de fazer parte deste 0,0017%.

editado 22/06/2011



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...