segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Kahlil Gibran - Mulher



Uma mulher a quem a Providência concedeu beleza e espírito e de corpo é uma verdade, ao mesmo tempo aberta e secreta, que só podemos compreender por amor e tocar apenas pela virtude; e, quando tentamos descrever uma mulher assim, ela desaparece como fumaça.

As mulheres me abriram as janelas dos olhos e as portas do espirito. Se não fossem a mulher-mãe, a mulher-irmã e a mulher-amiga, estaria dormindo entre aqueles que procuram a tranquilidade do mundo com os seus roncos.

Escritores e poetas procuram compreender a verdade sobre a mulher. Mas ate hoje jamais conseguiram compreender-lhe o coração porque a olha sob o véu do desejo e nada vêem senão a forma do seu corpo. Ou então a olham através de uma lente de despeito e nada acham nela senão fraqueza e submissão.

(Kahlil Gibran)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...