quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Silêncio e o Reino dos Céus


No silêncio mora o Reino dos Céus, o Monte Sião, a terra prometida, entrementes o silêncio não é ausência de ruído, por que a partir do que estamos vivos, o mundo exterior sempre vai esta fazendo algum tipo de ruido, os carros na rua, o vizinho gritando, o vento batendo nas folhas, os grilos e as cigarras cantando, e dentro do mundo interior a mente faz o papel de ruído ela nunca para de falar, tagarela como ela é.

Então como alcançar este tal de silêncio, não a necessidade, ele não é algo que se busca, ele sempre está ai, ele é o pano de fundo de tudo, ele é o presente, ele é o agora, o aqui-agora, basta observar. Quando prestamos atenção nele, não significa que os ruídos irão parar, mas algo magico acontece, a mente começa a falar menos, e os olhos começam a ver o mundo diferente, na verdade o mundo começa a finalmente a ser visto como ele é. E quando vivemos no silêncio descobrimos o paraíso eterno. Sem esforço algum. No silêncio a intuição tem lugar e dela vem um poder criativo que só experimentando dará para entender.

Dar atenção ao silêncio é viver em estado meditativo, não que você ira ficar parado fazendo nada esperando que o algo surreal aconteça, por que estando vivo sem razão alguma já é surreal o bastante. Então eu convido a prestar atenção no silêncio, veja o aqui-agora sem nenhum julgamento, sem tentar da nome as coisas ao seu redor, por que a partir do momento que começa a nomear, você não esta mais prestando atenção no silêncio, no agora. Prestar atenção no silêncio é prestar atenção no todo ao redor, em todos os ruídos, não se identificar com nenhum ruído especifico, vê os ruídos como observador e não como observado.

No silêncio olhe em volta e veja o Reino dos Céus.

(Matuzaleu)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...